Viagem pela Argentina

Há alguns dias tive de fazer uma viagem pela Argentina, para ir rapidamente até a Foz do Iguaçu.
Quando chequei em Porto Mauá, do lado brasileiro, já providenciei o carta verde, que é exigido naquele País vizinho. É um seguro contra terceiros no valor de duzentos mil pesos. Naquele dia a cotação estava R$ 0,58 o peso.
Quem tem seguro - por exemplo - ouro do bb que tem cobertura no mercosul deverá levar junto o manual que contém a apólice inseridae levar o cartão.
Daí, já do outro lado o Gendarme Argentino (Federal) estava sinalizando para passarem...
Mas era para passar a frente e fazer uma fila dupla para as providencias de praxe, pois estávamos entrando em outro País. Eu seguí adiante sem parar. E fui alançado por outro brasileiro que faria o mesmo trajeto quinze quilômetros adiante. Fez-me parar e alertou-me que eu deveria voltar urgentemente pois não fiz a declaração de entrada no País. A qual deverá ser entregue no local de destino.
Voltei, desci do carro pedindo muitas desculpas, que era coisa de velho, etc. Fui perdoado e brindado com um mapa novo, com um novo trajeto e toda uma gama de orientação por parte dos aduaneiros argentinos. Restou-me cumprimentá-los com um vigoroso aperto de mão e agradecimentos, pois além de mim viajavam a minha Sogra, minha mulher Solange e uma cunhada.
Estradas ótimas - sem nenhum buraco - sinalização impecável, orientação para todos os lugares e indicações turísticas de boa qualidade.
Conclusão: viaje sem medo pela Argentina, faça suas compras, divirta-se, faça tudo o que goste
mas dentro dos ditames da Lei dos nossos vizinhos. junho de 2008.

Comentários

Postagens mais visitadas