Vênus

Numa noite quente de fevereiro, estava eu escutando um famoso cantor folklorista argentino, Jorge Kafrune, "em sua música: anocheciendo zambas" - ele também tem gravações com sua filha Yamila. Lindo demais. Não dá vontade de parar de escutar, a cada nova interpretação somos levados pelo vento às lonjuras dos nossos pensamentos.

Vênus
Longe daqui sonhar era preciso!
Há tempos não acontecia
Surgiu então de repente
Um encanto, uma perfeição elaborada
Pela natureza.
Divina!
O escultor certamente não saberia o que
Fazer; nada mais haveria de ser feito,
Pois já estava maravilhosamente
Completa
A não ser seu enrubscimento.
O escultor não foi chamado,
Procurava um pintor que a retratasse
Assim como veio ao mundo, madura!
Logo fez contrato com o Mestre Pintor que
Recém ensaiava as misturas de belos matizes
Para, então, com seus pincéis traçar os
Primeiros planos.
E, com especial candura despiu-se delicadamente
Para ser usada pelo Mestre.
Soltou as alças de suas vestes com vagar.
Nada mais havia encobrindo sua pele.
Os beija-flores queriam também abeberarem-se
Do nectar provindo dos seus mamilos.
Logo um coração emplumado
Com fina e delicada textura
Mostrou-se também.
Nada na verdade precisava ser retratado
A perfeição demonstrou sua existência.
...........

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MANIFESTO PELA PAZ MUNDIAL - UNESCO

A MAÇONARIA E O PATRONO SÃO JOÃO DA ESCÓCIA

Coronilha