Agressões Injustificadas

Triste e lamentável. Também agredí algures! Que pena. Inconseqüencia juvenil!?
Hoje diante da agressão ao Político Berlusconi deparamo-nos com uma cena deveras dantesca.
Que fosse qualquer motivo, hoje com os novos direitos e interpretações do modo de vida da sociedade tal ato injustifica-se de qualquer modo.
Fácil depois do ocorrido alegar-se um distúrbio qualquer. Aceitamos e ficamos quietos. Muitos estarrecidos!
Estamos vivendo uma época em que a irracionalidade beira o caos. Menosprezo pelos semelhantes,
numa roda- viva do "eu sou", "eu posso", tenho as costas quentes e ninguém faz nada. As leis do País são costumeiramente desobedecidas, num verdadeiro acinte aos mais nobres e elementares
principios do direito da pessoas de viverem e terem dignidade, respeito dos seus semelhantes, do respeito ao ir-e-vir.
Livre arbítrio para nós humanos, e nem aos animais, não é nenhum luxo, mas um dos direitos inalienáveis em vigor desde os imemoriais tempos da existência do seres vivos.
Nisso há um porém. Também os seres humanos na maioria dos territórios foi escravizada de forma brutal. Tivemos a mais monstruosa atrocidade que foi a "Inquisição Religiosa" que fez desaparecer milhares de pessoas que tinham luminosas idéias, muitas delas que contrariavam o poder reinante. A dominação era dos Reis aliados ao clero sempre em busca do poder material e sua conseqüente riqueza. Em séculos recentes, menos de três, tivemos aqui a escravidão negra, que foi um vergonhoso episódio do nosso Brasil.
Vimos hoje, que o abrandamento em certos casos tem trazido o desconforto às competentes autoridades pela atitude tomada, da liberalização e descriminalização de certos tipos de delitos.
Mas, nossa breve análise é sobre o caso Berlusconi. Poderia ser com qualquer outra pessoa em qualquer lugar. Triste e lamentável.


Comentários

Postagens mais visitadas