segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Yucumã, "un-paved"


Trata-se de um maravilhoso ponto de turismo para o futuro. Esse futuro não sei aprazar! Vimos aí que perdemos precioso tempo com a falta de infra-estrutura em nome da preservação ambiental.
O Parque tem cerca de 17.000 (dezessete mil) hectares de área de florestas. E estas não são densas porque as madeiras seculares não as vimos. Vê-se clareiras e muito sol entre as árvores!
Injustifica-se por qualquer meio e modo a falta de boas estradas. São terríveis 17 km. de pura estrada ruim. Dentro do parque são 16 km. da entrada até o ponto de chegada; mais 400 metros e estamos lá. Sem sorte, porque abriram as comportas de Itá e tudo ficou abaixo d água.
Voltamos com a expectativa em parte suprida. Um dia voltaremos!
Como podemos ver maravilhosas fotos no Google Earth já nos bastamos.
O guarda do Parque, onde se recolhe uma taxa, com nota fiscal, foi muito solícito, nos dizendo que nada íamos ver. A não a estrada e assim aconteceu.

Yucumã

Yucumã, estrada de acesso;

Salto Yucumã, Derrubadas-RS.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Excesso de Chuvas em Itaroquém

Choveu tanto que ficou impossível de se usar a estrada para qualquer situação. A água da chuva cobriu a estrada até por cima das árvores. Em quarenta anos não tínhamos visto semelhante
evento!
Formou-se uma fila de carros por cerca de dois quilômetros, até baixar a água, que quase destruiu a estrada BR 285. Janeiro de 2010.

Por-do-Sol no Itaroqúem, Sto.Antonio das Missões-RS