ÔNIBUS MALUCO

De Porto Mauá a Santo Ângelo, pela manhã
Com retorno à tarde, antes da noite.
Com qualquer tempo.
O ônibus do seu Jacob não falhava.
De repente muita chuva antes de Giruá.
Com lotação completa, com dois esquifes
Vazios em cima, no bagageiro, para
Futuros inquilinos.
Em viagem novamente, um passageiro ataca
E é alertado que só há lugar em cima.
Ele sobe e logo vem um toró.
Abriga-se dentro do esquife e seguem viagem,
Tranquilamente.
Adiante mais dois pedem lugar e novamente
São alertados que só em cima;
Aceitam. Seguem adiante.
De repente seu Jacob esqueceu de que
Havia pela frente vários cruzamentos de trem
E foram todos vítimas de um enorme solavanco.
Abriu-se então o esquife e de lá de dentro
Saiu uma voz:
"Que bom que parou de chover."
Os dois outros pularam de cima do ônibus
E foram parar no hospital; um para
Remendar a bacia que havia se espatifado
E outro para braços e pernas entalar.
Bem que seu Jacob havia alertado!

Fato verídico acontecido em Giruá-RS- em
1939, em frente a Bailanta Kuplin. Há testemu-
nhas ainda vivos!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MANIFESTO PELA PAZ MUNDIAL - UNESCO

A MAÇONARIA E O PATRONO SÃO JOÃO DA ESCÓCIA

Coronilha