sábado, 30 de abril de 2011

25 anos da Loja Sabedoria, Força e Beleza n° 93.

Participamos das comemorações dos vinte e cinco anos de fundação da Benemérita  Loja Maçônica Sabedoria n° 93.
Marcante o evento, pois conta com enorme acervo histórico neste período. Toda uma trajetória sendo construída tijolo a tijolo, imitando a construção simbólica das pirâmides. A História se repete em outro nível e em outra escala. O objetivo é a elevação do ser humano, homens e mulheres, seu interior sendo burilado, com faz o artesão da pedra, que vai, vagarosamente, esculpindo e aparando arestas da sua obra; vai se utilizando das ferramentas mais elementares para o embelezamento da sua produção. Assim é, e foram estes 25 anos de labuta em favor da melhoria da sociedade, da familia, dos jovens, dos filhos e dos netos, e também dos avós, dos da terceira idade, os quais devem receber nosso maior  carinho, pois é dalí que saímos!
O amor a causa não é um amor cheio de adjetivações, é inexplicável. Parece-nos que estamos ligados a um cordão de prata com as forças e as energias que movem todos os universos e na ínfima escala somos os átomos desta grande explosão humana.
Muitas vezes, porque não dizer na maioria, os homens é que causam os maiores estragos, pela sua excessiva sede de poder, de mando e  econômico.
Eis aí que essa filosofia vem ou está aí há séculos para nivelar as consciências dos homens no sentido de perseguirem o que é bom e produzirem tudo o que possam em favor da melhoria da qualidade de vida dos nossos semelhantes.
Sabedoria para caminharmos por lugares sem os perigos que a imprudência nos coloca à frente, beleza para adornarmos tudo e todos os que estão ao nosso redor, nossa família, nossos amigos, nossos vizinhos e força moral e intelectual para que possamos perscrutar os mais recônditos da nossa alma e termos o maior equilibrio possível para usarmos adequadamente as medidas que o construtor utiliza para suas obras: nível, prumo, compasso e o esquadro, que simbolicamente medem nossas atitudes e nossos desejos.
Fraternidade para nós todos!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Passeio


Sexta-feira! Que lindo, fizemos uma passeio maravilhoso; fomos andando, andando, fazendo poéticas interpretações sobre o que veríamos, o que sentiríamos eu e minha esposa, ao visitarmos um amigo com letras maiúsculas, daqueles amigos sem interesses, aos quais não se pede dinheiro emprestado, não se pede um aval e nem fiança!
Vimos a preservação da natureza sendo levada a sério, mesmo com a ameaça da construção de uma hidrelétrica binacional, Brasil-Argentina.
O sítio Urú do amigo Benno está situado a cerca de 70 metros, no topo de um morro, com uma visão maravilhosa, onde vimos e sentimos o cheiro de mato e da água natural que corre por  dentro de uma canalização por gravidade, puríssima. Abundância...
E depois dos amplexos fraternos começamos a colocar em dia nossas conversas ciosamente guardadas no baú das boas coisas. Lembramos-nos dos idos tempos em que as coisas não andavam bem e da evolução a que chegamos na parte tecnológica. Existe, embora o amigo esteja lutando herculeamente contra uma doença que o persegue implacável, uma perfeita integração entre o homem e as natureza. E, essa mesma natureza que o ampara lhe dá o ânimo e a força para prosseguir sua jornada com altivez de um bravo!
Tivemos então um dia cheio, voltamos com alegria, fartos de termos nos saciado de uma fome de rever e consolidar uma velha amizade.
E dizemos que as vezes precisamos nos despojar de certos materialismos hodiernos e interagirmos um pouco mais com os nossos semelhantes, pois ninguém é tão pobre que nada tenha para dar e nem tão rico que tudo possa recusar!

Trabalho interno Legendas By TJ