Passeio


Sexta-feira! Que lindo, fizemos uma passeio maravilhoso; fomos andando, andando, fazendo poéticas interpretações sobre o que veríamos, o que sentiríamos eu e minha esposa, ao visitarmos um amigo com letras maiúsculas, daqueles amigos sem interesses, aos quais não se pede dinheiro emprestado, não se pede um aval e nem fiança!
Vimos a preservação da natureza sendo levada a sério, mesmo com a ameaça da construção de uma hidrelétrica binacional, Brasil-Argentina.
O sítio Urú do amigo Benno está situado a cerca de 70 metros, no topo de um morro, com uma visão maravilhosa, onde vimos e sentimos o cheiro de mato e da água natural que corre por  dentro de uma canalização por gravidade, puríssima. Abundância...
E depois dos amplexos fraternos começamos a colocar em dia nossas conversas ciosamente guardadas no baú das boas coisas. Lembramos-nos dos idos tempos em que as coisas não andavam bem e da evolução a que chegamos na parte tecnológica. Existe, embora o amigo esteja lutando herculeamente contra uma doença que o persegue implacável, uma perfeita integração entre o homem e as natureza. E, essa mesma natureza que o ampara lhe dá o ânimo e a força para prosseguir sua jornada com altivez de um bravo!
Tivemos então um dia cheio, voltamos com alegria, fartos de termos nos saciado de uma fome de rever e consolidar uma velha amizade.
E dizemos que as vezes precisamos nos despojar de certos materialismos hodiernos e interagirmos um pouco mais com os nossos semelhantes, pois ninguém é tão pobre que nada tenha para dar e nem tão rico que tudo possa recusar!

Comentários

Lena disse…
Oi, Anatólio
Que lindo passeio vocês fizeram e ainda fortaleceram laços de amizade. Recebi por e-mail um informativo queu vc me mandou. Li e gostei muito. Obrigada. Um agrande abraço!
Muito agradecido pelas gentís palavras e pela resposta! abraços

Postagens mais visitadas