Tiro no Pé

Convocação 15 dias antes, reunião de análise e debates sobre a saúde da empresa, seu futuro, seus empregados, os melhores e os piores, quais os que ficarão?
Todos sentados a mesa, primeiro, secundo escalão, depois se der certo haverá outra com os chefes de seção do terceiro escalão e assim até chegar ao mais humilde, o de menor na hierarquia, mas o mais importante, o recolhedor de lixo, e da limpeza...
Apresentações dos novos, das alterações no organograma, das liquidações super-postas de cargos e encargos o Presidente solicita apresentação esmiuçada dos valores exportados, das compras, os melhores compradores, o que deve ser suprimido de itens que não comprometem o funcionamento da "firma", ou seja aqueles que não trazem resultados em faturamento...silêncio absoluto, nem o respirar se houve; somente um fala por vez...surpresas, trejeitos de surpresas...
As compras devem ser resumidas a tal ponto que só deverão ser comprados componentes e matérias primas para 60 dias, evitando-se altos custos com estoques, com agilidade proporcionada pela internet tudo ficou mais fácil...precisamos saber o que nossos concorrentes estão fazendo! Alguém pode  dizer alguma coisa? Silêncio absoluto, nenhuma manifestação, nem de surpresa, pergunta mais uma vez, e nada... não posso acreditar neste silêncio!
A saúde de uma empresa ou qualquer outra atividade deve estar diretamente relacionada ao seu dinamismo operacional, seu faturamento no ponto de equilíbrio, no mínimo, mais o percentual de lucro descontados todos os efeitos legais e as reservas legais.
Quando aperta cada vez mais, isto foi apenas o introito, dados pequenos mas de suma importância, pois as pequenas percentagens somadas fazem um grande balanço,  conjunto de seres faz girar a roda, ou melhor faz a pirâmide tremer de vez em quando, alguma ou outra peça que não cumpre suas reais atribuições deve ser substituída!
Em crises como esta que hoje estamos vivendo, dever aos bancos é o maior pecado, faturar alguma coisa para zerar o estoque de dívidas é o melhor caminho...comprar só o que é extremamente necessário, investir em obras e bens que não dão retorno é o melhor caminho para colocar na frente do prédio uma enorme placa com a seguinte palavra: ALUGA-SE...
Vender mais barato, até abaixo do custos quinquilharias e objetos que não rodam nas prateleiras ou nos depósitos de mercadorias, sem medo, extrair a média da rotatividade, quanto compramos por dia, por semana, por mês, por ano e o inverso também, quanto vendemos hoje, o que sobrou da média comprada? Comprar um pouquinho além da venda, serve para qualquer setor, alguns de maior tecnologia tem um diferencial específico, mais técnico mas de sorte que tudo pode ser controlado, não mais precisamos aprender a lidar com a HP 220 antes de qualquer coisa! O que faz um gerente de banco que empresta dinheiro para seu cliente: olha primeiro a reciprocidade, vai além quando sobra dinheiro na boca do caixa, o que não é o caso presente,  negocia, apresenta variantes, etc.
Ouvi um empresário, hoje estabelecido na vida, me dizer que estava bem, que cumpriu sua missão, que suas empresas estavam indo de vento em popa e que poderia doravante seguir tranquilamente seu caminho! Confesso que fiquei intrigado e devolvi uma pergunta: qual o seu patrimônio? Sabes que eu ainda não fiz cálculos, como assim? Não precisa fazer cálculos, seu maior patrimônio é o cliente, se não tiver gente entrando, saindo com alguma coisa nas mãos seu negócio está a perigo! Não havia pensado nisso, não teve tempo em quarenta anos de pensar no seu cliente, vendia? Não... os compradores pelo bom preço, indiferentes à simpatias pessoas, compravam...
Dou uma sugestão para esta época crucial: obtenham lucro de tudo que fizerem mas sem os arroubos de se julgarem os melhores, sempre haverão os melhores do que nós...
Parcimônia para NÃO MATAR A GALINHA QUE PÕEM OVOS DE OURO...


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MANIFESTO PELA PAZ MUNDIAL - UNESCO

A MAÇONARIA E O PATRONO SÃO JOÃO DA ESCÓCIA

Coronilha